29/09/17

raispeniquem o tique


O homem que estava sentado, hoje de manhã, a uma mesa no café
onde me sentei hoje de manhã
tinha um tique na boca que me fez ficar com o olhar preso no tique da sua boca
e fez até
que esse tique da sua boca passasse,
por momentâneos ápices, para a minha boca.

11 comentários:

redonda disse...

um tique contagioso :)

um beijinho e bom fim-de-semana

Cidália Ferreira disse...

Loool, e não lhe deu vontade de "rir"? Não é por mal, simplesmente um jeito :)
Mas existem tiques assim...


Beijo, bom fim de semana

mz disse...

A mim deu-me um tique de riso!

:)

noname disse...

Caramba! É que nessas coisas, por mais que se queira, não se consegue deixar de olhar, e depois, pimba, leva-se o tique para casa :-)

Janita disse...

Isso dos tiques são assim a modos como o bocejar: contagiam quem olhar! :)

Um beijo e bom fim de semana, Laura.

luisa disse...

Como disse a Janita, esse tique contagioso fez-me lembrar os bocejos. :)

Luis Eme disse...

Não digas mais nada, nem olhes para "ticosos", Laura. :)

Tétisq disse...

um processo de mímica inconsciente, não andes por aí a espalhar é coisa para qualquer psicólogo diagnosticar com uma palavra de 6 ou mais silabas.

Andreia Morais disse...

Assim de repente, também esse tique me fez lembrar os bocejos :p

Os olhares da Gracinha! disse...

Por vezes ... contagiam!!!bj

Laura Ferreira disse...


sabem que voltei lá ao fim da tarde e ainda lá estava?
perguntei-me se teria ficado colado à cadeira, por causa do tique :)

Arquivo