02/11/17

eu e a minha casa e a minha casa e eu

Cinta Vidal, Urban Evening Painting.




Chega-me num murmúrio, a voz da minha casa.
Tem timbre grave, sotaque acentuado. Carrega nos erres e às vezes esvai-se em onomatopeias.
Ensinei-a a falar comigo e sobretudo a ouvir-me.
Tem mãos firmes, a minha casa. Acolhe-me, ampara-me e também me empurra, quando estou apática.
Temos, uma na outra, vaidade contida e compreensão aprendida.
Somos sonolentas pela pálida luz da manhã e mulheres maduras na mão dos candeeiros bonitos do fim de tarde.
Falamos inglês, francês e pequeno. Mudamos muito de roupa e adoramos sapatos de salto.
Gostamos de artistas de cinema antigas e pinturas do século passado.
Às vezes choramos e traçamos com a água dos olhos uma linha-rio no rosto das paredes.
Às vezes rimos muito e fácil numa abertura de lábios e portas.
A minha casa e eu e eu e a minha casa somos uma espécie de livro inacabado.
Já lhe escrevemos o prefácio mas teimamos em não lhe querer escrever o fim.
O fim é coisa de coisas materiais.
Eu e a minha casa e a minha casa e eu somos imortais dentro da finitude da história da nossa vida.

16 comentários:

Luis Eme disse...

(este mulher vive cá numa casa...)

:))

Sacana Lamas disse...

Já tenho saudades da minha casa. E a minha casa tem saudades minhas

Cidália Ferreira disse...

Postagem maravilhosa! Amei

Beijos e uma noite feliz

Andreia Morais disse...

Fantástico!

mz disse...

Esta casa é espectacular!

Adorei.

luisa disse...

Uma casa à tua medida, o que é dizer que tu és a medida da tua casa. :)

Manu disse...

Gostei de conhecer a tua casa e que continue imortal como o saõ todas as coisas que te possam fazer feliz! :)

Laura Ferreira disse...

Luis dá-me cá uma trabalheira...

Laura Ferreira disse...

:) Sacana, gostei.

Laura Ferreira disse...

Noite feliz, Cidália :)

Laura Ferreira disse...

Andreia, é tão bonita a imagem...

Laura Ferreira disse...

MZ cabe lá tanta coisa!

Laura Ferreira disse...

Luísa, é mesmo isso, disseste-o tão bem :)

Laura Ferreira disse...

Manu, a minha casa é feita delas :)

Gaja Maria disse...

Uma casa com Laura dentro e em sintonia com a luz e com o mar. É assim que vejo a tua casa, harmoniosa ;)

Laura Ferreira disse...

GM, que bonito isto que me escreveste :)

Arquivo