18/12/17

carta ao Pai Natal, 2017


Pai Natal,

Estive tentada a repetir a carta que te escrevi no ano passado, mas achei que me ias mandar bugiar.
Este ano não estou muito para cartas.
Escrevo cada vez coisas mais curtas, incisivas, pequenas e sintéticas.
Não sei se tem a ver com a idade, às vezes acredito que sim. Se calhar o que poupo hoje, em dias, em palavras, sobra-me depois para desejos, preces, introspeções e conclusões.
Também é justo. Na ventania dos vinte anos escrevi quilómetros. Ainda hoje me vejo à nora para ler a quantidade de rios, países e cidades que escrevi.
Hoje estou circunscrita ao que me diz, ao que me importa, ao que quero preservar e ao que conquistei, graças às minhas escolhas.
E o que me circunscreve é o mundo inteiro das minhas pequenas coisas: da família, das pessoas, da saúde, do amor, da amizade, dos livros, das malhas, do diálogo, dos animais, do aconchego, do encanto, da arte, da escrita, da vida.
Este ano não te peço nada. Não quero, não preciso. Tenho tudo aquilo que é importante, neste momento.
Vou ficar muito quietinha, para que nada deste meu mundo mexa, nesta quadra do Natal.
Não quero que mexa, preciso que não mexa.
Tenho tudo aquilo que é importante, neste momento.
(e acho que nunca na minha vida tive tanto.)

Boas Festas a todos vocês: os que estão comigo e os que me leem todos os dias e comigo se relacionam, por aqui.
Um beijo repenicado de Natal, com música de fundo. Escolham vocês.

Pode ser Frank Sinatra ou Dean Martin.
Rita Lee também calha bem. (na verdade Rita Lee calha com qualquer coisa…)

22 comentários:

noname disse...

Obrigada :-)

Que nada mexa por aí.
Por aqui, precisava que mexesse, para depois poder pedir que não mexesse.

Beijinho e Bom Nsatal

Anouk disse...

Bom Natal, Laura
Algumas coisas podiam ser diferentes desde que as outras ficassem na mesma. Mas isso é talvez pedir demais. Um beijo.

Isabel Pires disse...

Lança menina, lança perfume, desbaratina... que acredito que o teu seja bom!
Boas festas, Laura!

Olvido disse...

Bom Natal, Lauzinha :)
Para mim pode ser com Rita Lee, e com as gargalhadas daqueles que gosto e quero bem, para música de fundo ;)

Janela Indiscreta disse...

Um feliz natal Laura:)

Gaja Maria disse...

Obrigada Laura. Feliz Natal e que nada mexa então. Quando tudo está bem, assim deve ficar :)

Cidália Ferreira disse...

Agradeço e retribuo. Que cada ano seja sempre diferente, e melhor.

Beijos de boa noite

Boas Festas

Andreia Morais disse...

Com o passar do tempo, aprendemos a dizer muito com pouco. E, além disso, aprendemos a não pedir, para dar valor ao que já temos

Os olhares da Gracinha! disse...

Se escrevesse seria nesse tom!!!
Para si ... e para os seus FESTAS bem felizes e
um 2018 ... FELICÍSSIMO!!!

Mar Arável disse...

Tudo pelo melhor
Bj meu

Manu disse...

Um texto bonito!
Não precisamos pedir, quando o melhor do mundo já temos, o resto o Universo encarregar-se-á de nos oferecer, se achar necessário.

Festas Felizes!

Beijinhos Laura

goti disse...

...que seja assim como tu desejas, mas se vierem mais umas coisitas também não te importas, certamente.
Beijos natalícios recheados com tudo de bom

CCF disse...

Não pedir nada revela muito de si, do bom que nos traz sempre, a cada post.
EU desejo que continue por aqui e que eu a possa ler por mais uns bons anos; e ver uma peça sua.
Abraço amigo
~CC~

Andreia Morais disse...

Feliz Natal, com muito amor 💛

Alaska disse...

Laura, sei que tenho estado ausente, ainda assim, quero desejar-te um feliz natal e que esse teu mundo tão bonito prevaleça quietinho dentro de ti. :)

Deixo um beijo no teu coração. :)

Existe Sempre Um Lugar disse...

Votos de Ano Novo Repleto de Felicidade.
AG

Ricardo Santos disse...

Um Excelente 2018 para Ti e para os Teus, Laura !!!

Olvido disse...

Bom Ano, Laura! Com tudo de bom e com as tuas palavras que nos adoçam os dias de qualquer que seja o ano :))
Beijo

Andreia Morais disse...

Espero que tenhas um excelente ano!

Laura Ferreira disse...

meus caros todos, um excelente ano para vós e para os vossos, e que 2018 vos traga o melhor.

um xi e um beijinho.

Graça Pires disse...

A simplicidade das pequenas coisas, Laura. Que o ano de 2018 lhe traga tudo o que de melhor deseja. Um beijo.

Victor Barão disse...

Dalgum modo a Laura alcançou o seu Nirvana, felicito-a por isso.
Mas também lhe agradeço a, "pequena", grande presença aqui, que mesmo com atraso estendo ainda a gratidão às próprias palavras natalícias que dedicou a quem aqui a visita, como no caso eu.
Se assim posso dizer: desejo-lhe muitas felicidades, minha amiga

As sugestões musicais, qualquer uma

Abraço

Arquivo