06/12/18


7 comentários:

Isabel Pires disse...

Laura, seria tudo igual.

Aliás, eu não sei se há amanhã para mim, assim como ninguém sabe.
Habituei-me a ter muita consciência da finitude e da linha finíssima que nos liga à vida.

AFRODITE disse...


Espero nunca ter de tomar uma decisão dessas :)

Agora o que eu não vou deixar de fazer agora... é enviar-te uma grande beijoca!
Fica bem Laura!
(^^)

Andreia Morais disse...

Bela questão! Mas tudo dependeria se teríamos ou não conhecimento disso

Gaja Maria disse...

Boa questão. Agora que penso nisso, acho que faria tudo igual

Janela Indiscreta disse...

Qualquer momento pode ser o último. Há que viver o mais e melhor possível

Os olhares da Gracinha! disse...

É que não é fácil... decidir!!!
Bj

Graça Pires disse...

Tudo…
Uma boa semana, Laura.
Um beijo.

Arquivo