19/07/19

coisas

Desde há uns anos para cá que adotei a mania de falar nas coisas só depois de elas acontecerem.
Acho que esta é uma das decisões que se tomam com o avançar da idade.
É cauteloso, mas também pode perder a intensidade do momento.
Tem as duas faces. Mas também quase tudo tem dois pontos de vista.
Só a minha cabeça é que não. Podia ter dois. Mas tem várias dezenas.
Acordar todos os dias na minha cabeça é uma coisa que pode ser uma aventura ou um pesadelo.

16/07/19

ando às voltas e às voltas

e parece que não vou a lado algum.
remedeio-me com as coisas mínimas do dia-a-dia.
à noite deito-me e empreendo castelos de ideias com arquiteturas colossais.
devo perder as pedras e as colunas, durante a noite.
quando acordo de manhã a paisagem está outra vez despida.

Arquivo