03/11/19

um dos meus cantos


Construímos os nossos cantos. Damos-lhes vida, voz, cor de olhos, tipo de cabelo.
Conferimos-lhe perfumes e até lhes pomos nas vozes discussões acesas e profícuas.
Neste canto já aconteceu de tudo. Canto, riso, choro, promessas, vitórias, despedidas, reinícios.
Este é só mais um daqueles em que sento e me sinto e tudo sinto.

6 comentários:

Janita disse...

Ai as almofadas enfeitadas com 'rosetas' de crochet voltaram a usar-se?
Engraçado, há anos que tirei as minhas de circulação. Vou procurá-las ao baú.

Ficou encantador esse teu canto, Laura!
Tem um certo ar de romantismo que condiz muito contigo. :)

Beijinhos.

Cidália Ferreira disse...

Começa a ver-se outra vez!! :)

Beijos. Boa noite!

noname disse...

Existem cantos, que nos respiram, de tão nós que são.
Boa noite, Laura

Andreia Morais disse...

É tão importante termos estes cantos tão nossos *-*

Graça Pires disse...

Cantos que são lugares onde a vida acontece em múltiplas formas…
Uma boa semana, Laura.
Um beijo.

CCF disse...

Uma combinação tão interessantes de estilos, é assim que a imagino também, misturando coisas para criar um estilo só seu.
~CC~

Arquivo