15/07/09

conversas de luz apagada (julho)

- não cheguei a dizer-te porque é que gosto de Junho… e já estamos em Julho.

- não queres dizer antes em Agosto e assim arrumas logo os 3 meses – gargalhada dele, alta, um bocado histérica.

ela olha-o. parada. suspira.

- pronto, pronto,… - diz ele com um beijo desajeitado e molhado, na face.

- olha lá…cuidado… pús creme na cara… - ela deita-se de barriga para o ar, meia afastada, mãos cruzadas na barriga.
(pausa).ela com os olhos presos no tecto. ele olha-a pelo rabo do olho.

- diz lá porque é que gostas de Julho…

- não te disse de Junho por isso também não posso dizer de Junho. as duas coisas estão ligadas. complementam-se.. – e volta-se para o outro lado. – até amanhã… - diz num fio de voz com os olhos bem abertos.

- não pensei que isto dos meses fosse assim uma coisa tão importante para ti, desculpa… - ele espera uma resposta que não vem. – aproxima-se dela. encosta um pé. depois as pernas. depois tudo.

- tu gostas de Junho e Julho e eu gosto de ti. – diz numa voz rouca. e a seguir perde-se no cabelo dela.

11 comentários:

Secreta disse...

Que doçura ...
Beijito.

R. disse...

:)

O Profeta disse...

Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo

Carla disse...

e nesse toque perdem-se os meses no fio do querer...que importa afinal em que mês estamos?!?
Adorei ler
beijo doce

Teresa Durães disse...

por vezes as conversas não ditas ficam a remoer. mesmo que ele goste dela

A.S. disse...

Laura...

Deixo-te apenas a palavra que me ocorre: TERNURA!


Beijos meus...

Teresa disse...

... coisas que deixam inveja :)

entremares disse...

Às vezes, talvez nem seja tanto o que dizemos... mas aquilo que deixamos propositadamente por dizer...

Os subentendidos de uma noite de verão...

Um óptimo fim-de-semana.

Arábica disse...

:) um arco iris na noite, Laura.

Beijos, boa semana.

Mar Arável disse...

á noite é sempre assim

isto é

quase sempre

Carla disse...

passei...reli
beijo

Arquivo