07/07/09

e viveram felizes para sempre

um dia alguém decidiu tirar dali aquele balde do lixo
e ela ficou sem ter a que se amparar.
decidiu, pois, ir até ao centro de dia
e por lá conheceu um viúvo e por lá casou
ficando eternamente agradecida por alguém, naquele dia, ter pensado
que um balde do lixo podia, quem sabe, fazer uma mulher feliz.

3 comentários:

Patti disse...

Ah, certeira rapariga!
Por vezes no mais inusitado encontramos a base da nossa vida e nem sabemos...

blue disse...

fantástica história, Laura!

Secreta disse...

Fantástico. É bom acreditar que pode de facto existir o "viveram felizes para sempre"...

Arquivo