03/12/09

às vezes não, às vezes sim

às vezes apetece-me ter cabelo comprido e às vezes não.
às vezes apetece-me pintar os lábios de vermelho e às vezes não.
às vezes apetece-me ter os lábios compridos e o cabelo pintado de vermelho e às vezes não.
às vezes sim umas coisas e às vezes não tantas outras.

às vezes apetece-me ouvir o silêncio e às vezes não.
às vezes apetece-me rasgá-lo com a voz e os objectos e às vezes não.
às vezes apetece-me ouvir as pessoas e a voz e as histórias delas. às vezes não.
às vezes ouço a antena 2 às vezes não.
às vezes ouço a minha consciência às vezes fecho-lhe a porta na cara.
às vezes gosto de ouvir a tosse do vizinho de cima às vezes não.
às vezes apetece-me agarrar tudo com muita força e às vezes não.
às vezes apetece-me agarrar tudo com muita força e de unhas pintadas de vermelho
e às vezes não.
há dias em que sim e há dias em que não.
há dias em que sou assim e há dias em que não.
e depois há dias em que acordo primeiro que o meu corpo
e fico a ver-me de cima o dia todo
e a pensar "às vezes sim" "às vezes não"
e a escrever num caderninho o sim que podia ser não
e a escrever o não que podia ser sim.
eu sou assim. em muitos dos meus dias.
às vezes não. às vezes sim.

12 comentários:

CNS disse...

E ainda bem que és assim...

Anónimo disse...

às vezes gosto de vir aqui e todas as vezes sim. um beijinho, laura.

lysa disse...

:)

Unknown disse...

Lindo como sempre!

Ás vezes gosto dos sims outras vezes não.

Anónimo disse...

Por vezes ouvi-te a recitar muito rápido e com entusiasmo. Outras vezes com nostalgia lenta.

1.01 disse...

às vezes sim, venho aqui.
*

A.S. disse...

Laura... A rotina não é estimulante!... há sempre motivos para renascer!

Beijos

Gil Moura disse...

Olá, Laura!

É! Tem dias que somos assim. Ora queremos uma coisa, ora não a queremos. Faz parte de nós, essa duplicidade e incerteza em que vivemos.

Gostei muito!

Beijinhos

Gil

Foxy Ni** disse...

Todas as vezes sim...passo aqui.

e gosto tanto!

beijinho

Anónimo disse...

se fores como eu, vario 1quase diariamente. feitios!

carlos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Mika disse...

E no final o que é que importa se hoje nos apetece ou não?
Isso diz-nos que podemos sempre poder tudo...o talvez não...
Abraço e um bom 2010

Miguel

Arquivo