13/11/10

let it be

Certos dias, agarro-os com uma garra desgarrada.
Outros há, que não. Deixo-os ir.
E perduro: pacífica, pequena e pachorrenta
A vê-los ir, velozes contra o vento.

Sem comentários:

Arquivo